quinta-feira, 16 de junho de 2011

Capitulo 4 – A invasão em HoriLandiams

Hey pestinhas do titio (: como estão? Eu vou bem, melhor eu ir apressando as idéias pra continuação da história de ontem antes que as meninas acordem. Falando nas minhoquinhas, acho que elas acabaram de acordar.


- Bom dia tio Fê, estamos prontas pra escutar a continuação da história – Carol disse com muito, muito ânimo pro meu gosto, bom melhor eu continuar a história antes que elas me devore vivo, tenho medo de quando elas ficam bravas



- Bom dia minhoquinhas, maaaas antes de eu continuar a história, vocês já comeram, lavaram o rosto, escovaram os dentes? – Elas se entreolharam, e como se elas conversassem telepáticamente ~que eu saiba quem conversa assim é aquele vampiro Eduardo...Ediuardi....Eduarti...aaa esquece, é aquele vampiro que brilha no sol, toca piano e as jovens são loucas por ele e sua filha que esqueço o nome, vai ser dificil de pronunciar o nome dela assim lá longe, meu deus~ elas correram pra cozinha, engoliram algo rapidão ~que nem o flash de Os Incríveis, sempre quis ser como ele~ e foram lavar o rosto e escovar os dentes, depois de dez minutos elas voltaram e sentaram em torno de mim pra escutar a história.

- Pronto tio Fê, pode continuar – Letícia disse animadamente, nunca vi ela animada com coisas desse tipo, vai saber.

- Foram rápidas em – Falei com desconfiança – Avisos : NADA DE INTERROMPER O TIO AQUI  E NADA DE DURMIR –

- Pode Deixar – as três disseram rapidamente

- Ok. Onde eu tinha parado ? Aah sim “ No dia seguinte, todos na nave estavam eufóricos com a invasão, principalmente  Bibaescrendo, ele era o mais animado, e acordou dançando ILARI ILARI Ê...”

- Meu deus, que brega isso tio – Carol disse, tinha que dar o ataque fashion dela

- Mais Carol, esse alienígena é gay né – Eu disse e elas riram – Ok, deixa eu ocntinuar, nem mais um pio.

- PIO – Letícia disse

- LETICIA – eu e as meninas disseram  ao mesmo tempo – Posso continuar ?

- SIIM – elas disseram

“Então, quando o mestre Fabiorroxinol viu ele fazendo a coreografia da Xuxa, brigou muito com ele, mas não conseguiu parar de ri vendo a cena e então, para o espanto de todos ele colocou  Florentina, do Tiririca e começou a dançar.

Olhe isso, que mico ele está pagando – XandalhoscaOZ disse para Feiukristo abafando um riso

- EU ESCUTEI ISSO – Fabiorroxinol disse, então o castigo deles por falarem isso foi pagar 1000 abdominas com o Pipo e a Nina nas costas deles.

- 1....2....3 MAIS RÁPIDO, TÁ MUITO LENTO ANDA. E depois que acabarem quero ver vocês dançando Macarena vestidas de Carmem Miranda

- Carmem Mirando mestre? Essa é aquela cantora do Brasil que coloca frutas na cabeça não é  ?

- Sim, ela mesmo, quero ver vocês dois vestidos de Carmem Miranda cantando e dançando Macarena pra eu filmar e colocar no youtube, assusto resolvido, não se fala mais nisso.

- Maas...Maas... a deixa pra lá – Feiukristo disse lamentando – Viu o que você me  faz passar XandalhoscaOZ  ? só me bota em furada – ele disse com raiva de seu amigo

- Os figurinos estão na cama de vocês, andem rápido.

- Ok mestre

Assim, eles foram vestiram ensaiaram muitas vezes pra sair perfeito. No dia seguinte, todos estão reunidos no Teatro FORMIGASALIENIGENAS para a apresentação. Quando eles entraram no palco todos riram e aplaudiram, e assim foi feito eles dançaram e cantaram Macarena vestidos de Carmem Miranda e o mestre Fabiorroxinol filmou e logo em seguida teve 9465794,8756 visualizações e logo em seguida estava nos Trends Topics Worldwide em primeiro lugar, eles viraram motivos de zuações...”

- Foi tão engraçado assim tio ? – Letícia perguntou incrédula.

- Sim minhoquinha, agora deixa, por favor, o titio terminar.

“Logo se passaram duas semanas, mas ninguém havia esquecido o episodio dos alienígenas dançando, mas mesmo assim, todos eles estavam concentrados no plano da invasão em Horilâmds

- Como vamos invadir mestre ? Não podemos passar no Complexo do Alemão por causa do tiroteio de tinta, e também o BOPE ia nos prender por andar com botas rosas.

- Fique quieta lumbriga arco íris que não vou dizer o nome se não o povo vai brigar com as meninas.

- Sim senhor mestre

- Então nós vamos por aqui – Fabiorroxinol disse apontando pro planeta dos ursinhos carinhosos – E pegaremos uns ursinhos, sempre quis ter um desses.

- Eu também – e todos estavam sorrindo com a idéia de pegar ursinhos, pintarem as unhas, se maquiarem antes de completar a missão.

Se passaram mais duas semanas, e eles estavam prontos pra invasão, primeiro eles foram pro planeta dos ursinhos carinhosos, fizeram tudo que tinha pra fazer e se mandaram pra Horilândiams, chegando lá, eles estavam equipados com travesseiros do Justin  Biber, cobertores, lençóis, e pijamas do JB

- Mas que coisa é essa? – Felipe, o garanhão das meninas, o mais lindo, forte, sarado, bonitão, perguntou.

- ÉR, tio ? Você não ta com essa bola toda não, ainda mais se continuar bebendo esse trem ai – Tinha que ser a Carol pra falar isso, elas sempre me chamam de gordo, mais eu não me acho gordo.

- Posso continuar? “I aê Fê, viemos pra este planeta fazer a nossa festa do pijama, trouxemos CDS da Xuxa, do Rouge, Restart, Justin Biber etc.. Aah, tem balões escritos ‘AMIGOS PARA SEMPRE’ o que acha ?

- Eu acho isso tudo MUITO, MAIS MUITO, GAY – Fê disse, e logo em seguida todos concordaram com ele.

- Ain Fê, não fale assim que eu gamo.

- EI MESTRE, OLHA LÁ, O VAMPIRO DAQUELE FILME QUE BRILHA.

- OMG, OMG, OMG, É O ROBERT PATTINSON, MEU DEUS, VOU TER UM TRECO, ME SEGUREM. – Fabiorroxinol disse saltitando que nem uma patricinha em uma loja de sapatos - EI ROBERT EU TE AMO – Ele gritou, acenando pra que Robert virasse para vê-los, e assim foi feito, Robert todo garanhão foi até eles

- WHAT THE FUCK ? – Robert disse se afastando deles

- Ain Rob, I love you, e eu sei que você fala português, porque na Lua de Mel de Edward e Bella você teve que aprender pra falar.

- Ah, sim – Ele disse olhando incrédulo para os alienígenas com roupas do JB

- Eu te amo, quer ir na nossa festinha ? – Fabiorroxinol disse indo para o lado dele

- Isso é um tipo de invasão/festa que eu não curto, muito obrigado, mais porque vocês não chamam o próprio JB que está ali ? – Rob disse apontando pro seu lado esquerdo

- WOOOOOOOOOOW, bom já que você não quer. EI JB, VENHA VENHA

- OMG, o que é isso? – JB perguntou com medo do que viu

- É uma festa do pijama, vamos, trouxemos a sua coleção de esmaltes, e vamos fazer a unha – Tayloscreudo disse animadamente

- WOW, claro – ele disse passando pelo Rob e fazendo um ANTÔNIO NUNES nele

Assim, eles fizeram a festa do pijama mais gay e mais divertida que o planeta Etlhamalândia e Horilândiams já viu na face da nave espacial, com pipoca, balões rosas, tudo do Justin Biber, e com direito a dança ILARI ILARI Ê Ô Ô Ô / XU XU XU XA XA XA / SOCO SOCO BATE BATE / BILA BILU  / ONE TIME / U SMILE  / BABY etc...

- Poxa tio, nunca pensei sobre isso, vou refazer meus conceitos sobre Justin Biber, Xuxa etc – Carol a revolts que escuta Simple Plan que nem o tal Jasper da saga Crepúsculo, vai entender, emos.

- Que bom minhoquinha, agora vão brincar -  Fiquei tão feliz que dessa vez elas não dormiram e nem me interromperam muito



Bom pestinhas, vou ficando por aqui, e espere pelo capitulo 4 que vai ser divertido, espero que tenha gostado ~vai um suco de sangue ai ? ~



Beijos mores fiquem com alienígenas e lhamas.  

Capitulo 3 – A Invasão – Quando tudo começou

Depois de séculos....com vocês mais uma história do Tio Fê. Essa eu não lembro quem escreveu, acho que foi a Carol é muito tempo. Só que eu sempre esquecia de postar rs. Enfim, espero que gostem:


Heeey pestinhas e pestinhos do Tio Gostosão aqui, como estão?

Bom, eu estou bem, sem nada pra fazer, só tomando meu suco ~sangue~ aqui só isso. Acho que vou ver padrinhos mágicos, meu desenho preferido já que a minha bebê Demi foi as compras com a Na, Carol (que não perde uma ida ao shopping) e Letícia, bom, os outros não sei onde estão.

- Ei tio lindinho do meu coração -  Glenda me cumprimentou ao passar pela sala e ir a cozinha, estranhei o tom da voz dela, toda vez que elas vem com um jeitinho assim é que querem dinheiro ou alguma outra coisa.

- Ei minhoquinha, pode dizer, o que quer do tio bonitão aqui? – Perguntei pra ela, e sim, sou lindão, e não me canso de dizer isso.

- Nada tio, cadê a Letícia e a Carol ? Álias, cadê todo mundo dessa casa?

- Bom, sua mãe, a Demi, a Carol e a Letícia foram ao shoppings, então já viu né? Vai sobrar pro titio aqui carregar as sacolas que elas deixam na porta. – Eu disse sem ânimo nenhum, o que essas mulheres tem na cabeça de ir ao shopping e comprar milhares de coisas até todos os cartões de créditos passarem dos limites? Não basta uma peça de roupa e um par de sapatos? Vai entender.

- Aah, o que você está assistindo tio ?

- Eu? Eu to vendo padrinhos mágicos, é aquele episódio que aparece alienígenas.

- Ô tio, você esqueceu que não pode ver essas coisas de alienígenas ? Você já não tem um cérebro bom, ainda mais vendo isso.

- É mesmo, promete que não conta pra ninguém ? se você prometer, eu conto uma história quando as garotas chegarem, mais primeiro vá trocar sua roupa pra gente ir no Mc Donalds – Eu disse pra ela, tentando fazer com que ela aceite minha condição e não conte nada pra Demi, se ela contar eu to perdido, ela vai querer me dilacerar e depois comer os meus órgãos internos e quando estiver terminado ira jogar fora e daí os alienígenas vão vir me buscar, tenho medo deles.

- OOOOOOOOOOBAAAAAAAAA ! – Ela gritou toda feliz.

- Vá então, antes que eu mude de idéia.

- é pra já.

Mal tinha acabado padrinhos mágicos  e ela estava descendo as escadas correndo, confesso que fiquei com medo dela cair e começar a sangrar e eu chupar o sangue dela.

- Já está pronta ? – Perguntei incrédulo pra ela .

- Sim uai, quando o assunto é passear eu sou rápida titio, mas olha, tem que ser Mc Donalds? Preferia ir em um CyberCafé ou algo do tipo.

- Cyber o quê  ? – Perguntei com um olhar de WTF  ? pra ela

- CyberCafé tio, ah esquece, vamos no Mc Donalds mesmo.

- Então vamos, será que se eu pegar o Camaro do seu pai ele vai se importar ? – Perguntei mais pra mim do que pra ela. Mal podia esperar pra dirigir aquela coisinha linda do meu coração
- Não sei, vamos logo

- Vamos

Peguei as chaves do Camaro e fui pra garagem todo animado, abri a porta pra nerdzinha da família e coloquei o cinto nela. Entrei do lado do motorista e  logo sai em alta velocidade, espero que o Fiuk não me mate depois disso.





--



- E ae titio, qual história você vai nos contar hoje? – Glenda perguntou depois que coloquei as sacolas de roupas no quarto da Na .

- A sei lá, qual vocês querem ? Já seeeeei, que tal sobre aliens? Aaaaaaaa diz que sim, por favor, por favor – Falei com uma voz animada esperando uma aprovação das meninas

- Pode ser tio – Carol disse sentando ao meu lado, nem desconfiei que ela e Letícia tinha trocado de roupa rápido e sentaram ao meu lado.

- Ok, então vai ser sobre aliens. E nada de interrupções ok? – Perguntei sério

- Tudo bem – Letícia disse

- Ok então.

“Era uma vez um pinto pedrez, quer que eu te conte outra vez?”

- TIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIO – As três minhoquinhas disseram juntas. – Isso não é história nem aqui nem em Atlântida, agora por favor, conte a história dos alienígenas – A nerdzinha da Glenda disse, me lançando um olhar sério. Juro que fiquei com medo desse tipo de olhar.

- Ok ok – Suspirei.

“Era uma vez, na cidade de Etlhamalândia...

- Etlhamalândia tio? – Carol me perguntou com um olhar e uma voz confusa

- Sim minhoquinhas, Etlhamalândia, agora please, deixe eu continuar minha história ? – Antes delas responderem eu dei continuidade a história.

“localizada na zona norte perto do complexo do alemão em Marte, vários alienígenas planejavam dominar o planeta terra

- Mestre, qual será o plano pra invasão? – Tayloscreudo, o alienígena mais palhaço da cidade disse. – Vamos fazer que nem aquela vez que o BOPE invadiu o complexo do alemão e cantar TROPA DE ALIENIGENA É DURO DE RUER, INVADE UM, MATA GERAL E  TAMBÉM VAI INVADIR O SEU

- Cale a boca seu fedelho, isso aqui é  uma coisa séria 06, já chega de palhaçadas – O mestre Fabiorroxinol disse severamente.

- Mais tio, o complexo do alemão não é no rio? – Sempre Glenda me corrigindo, oxi, ela não entendeu as minhas histórias ?

- É o que todos dizem, mas não é verdade. Agora por favor, deixe eu continuar.

“Então o Mestre Fabiorroxinol olhou para seus outros aliados que estavam rindo, e de repente todos olharam e pararam de rir.

- O QUE EU DISSE SOBRE RISOS SEUS FEDELHOS ? ISSO É COISA SÉRIA, E EU ODEIO RISOS, ODEIO CRIANÇAS, POR ISSO ESTAMOS FAZENDO ESTE PLANO PARA ACABAR COM AS CRIANÇAS HUMANAS E OS RISOS DELA NO PLANETA TERRA, AGORA ME TRAGAM O MAPA DESSE PLANETA SUJO. – Fabiorroxinol gritou para eles, e de repente todos estavam em movimento fazendo o que o seu mestre pediu.

- Achei mestre, aqui está – O Bibaescrendo disse alegremente, e quando viu o olhar do mestre ele parou de sorrir.

- Não fez mais que sua obrigação Bibaescrendo. Agora fique quieto.

Depois de um tempo analisando o mapa, o mestre escutou  uma música “.....XU XU XU XA XA XA ESSA É A DANÇA É A DANÇA DAA XUXA!”

- Mas que coisa horrível é essa? TIREM AGORA, JÁ.

Então a música de repente parou e o mestre furioso disse

- QUEM COLOCOU ISTO? EU JÁ DISSE QUE ESSA XUXA TEM PRECONCEITOS CONTRA OS ADOLESCENTES E ADULTOS. NÃO QUERO OUVIR MAIS A VOZ DESSA BRUXA. – Todos na nave pularam de susto ao ouvirem isso. CONTINUA..........”

- AAAAAAAAAAAA TIO, CONTINUA VAI, POR FAVOR -  Carol, que era das minhas, e adora essas coisas disse com desanimo.

- Não não senhoritas, CA-MA A-GO-RA pois já está tarde e jajá seus pais estaram aqui, e se vocês não estiverem dormindo, seus pais vão me dilacerar – Eu disse com uma voz de medo. Quando vi que elas não iriam arredar o pé pra ir pro quarto, comecei a fazer casquinhas nelas e então, só assim, elas subiram pro seus quartos.

- Boa noite queridas – Eu disse dando-lhes um beijo na suas testas

- Boa noite tio lindo, e ó, nada de esquecer da história, amanha você continua como prometido – Carol disse com ânimo pro dia seguinte

- Ta bom, não vou me esquecer. Agora virem pro canto e fechem os olhinhos, sonhe com os anjos minhoquinhas.



Então fico por aqui pestinhas (os), no próximo capitulo terá a continuação da história (:



Beijos do Tio Fê Lindo e Gostosão! ~ênfase no Lindo e Gostosão, sempre quis falar isso~


quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Super Fê (?) - leia o post

Então gente, estamos demorando pra escrever a fic porque a Carol está escrevendo o capítulo 3 e não está entrando no pc, mas quando ela entrar a gente vai pedir o capítulo 3 e continuar, mas fiquem tranquilos que o capítulo 3 vai chegar sim. :) Mas por enquanto, vamos esperar.
Por: Letícia

domingo, 26 de dezembro de 2010

Capitulo 2 (adendo : esse capitulo não tem história, pois estamos sem inspiração, no proximo a gente coloca.)


Ei pestinhas e pestinhos, como estão ? Eu estou bem obrigado, bom as meninas saíram e estou eu aqui, sozinho, solitário, já assisti todos os canais de TV,  neste momento tava vendo bob esponja, só que já acabou e não tem nada que eu possa fazer, se bem que como não tem NADA pra fazer, vou ver se minha arminha de paintball está carregada e vou treinar os tiros, depois que eu estiver muito melhor que a Leticia vou pedir muitas revanches das outras vezes que ela ganhou de mim, pestinha. 
- Ei tio Fê – Glenda me cumprimentou ao passar pela sala e ir direto pra cozinha.
- Ei more, vocês demoraram em, onde foram ?
- Fomos as compras, e como sempre minha mãe e a Carol voltaram com milhões de sacolas, estão esperando você trazer as sacolas aqui pra dentro.
- Porque eu ? o Renan tá lá no computador a toa, chama ele – Eu disse com raiva, então fui até o quarto dele e o chamei.
- Ei Renan, tão te chamando lá em baixo pra carregar as sacolas da Na e da Carol. – Eu disse com um sorriso de vitória, dessa vez, ele vai sentir como é difícil carregar as trenhadas que elas compram, nem precisa passar horas na academia, se você levantar e abaixar sacolas de roupas igual a delas, em 2 semanas você fica sarado, fica dica (;
- Porque eu ? Você sempre faz isso.
- Porque sim, eu estou mandando, o Tio Fê aqui tem uma história pra enventar baby, bye bye – Eu disse saindo do quarto, e ele vindo atrás de mim
- Porque vocês mulheres compram a loja inteira ? não serve uma peça de roupa, uma bolsa, uns acessórios e um par de sapatos? Vocês não vão usar isso tudo de uma vez vão? – Hahahaha, tá vendo, eu não sou reclamão, tem outro na família pestinhas, e ele se ferrou, vai ter que carregar sozinho
- E você, pare de rir – Renanzitcho disse com raiva
- Porque? Agora você vai sentir na pele o que eu tenho que passar baby. Bom, Leticia quero revanche no paitball, lá fora, agora.
- Tô indo tio – Ela disse com um sorriso no rosto
- Pode ir tirando esse sorriso do rosto pirralha, EU, FELIPE, VOU GANHAR DE VOCÊ – eu disse num tom maquiavélico e um sorriso irônico pra ela
- Tudo bem, se é isso que você diz, cai matando tio.
- Já é manow. – Eu disse que nem os manos loucos da rua de trás, tenho medo deles.
- Mas não adianta voltar atrás (6) - Disse Letícia com cara vingativa.
- Eu ouvi direito ou você está me dando uma indireta ? - Eu perguntei confuso
- Sim u___u – Ela disse com uma cara que eu não reconheci, meu deus, que peste essa Leticia.
- Olhe os modos mocinha u_u – Eu disse com uma cara de O PAI .
Então, corri pra pegar a minha arma e tomei um susto quando a peste da Leticia me acertou nas costas, aaaaa agora ela  vai ver o que é bom. Peguei minha arma e disse pra ela
- Agora você vai provar do próprio veneno PESTINHA – Então, atirei, só que em vez de pegar nela, foi parar na janela da cozinha, droga Nikki vai me dilacerar e comer meus órgãos, tô com medo, e agora?
- E ai TITIO, você não disse que ia me vencer? – Ela disse rindo da minha cara, e assim, me escondi entre as árvores enquanto ela me procurava, acertei o tiro bem no meio das costas dela
- RÁ, CONSEGUI, TOMA CHIFRUDA. – Eu disse com um ar de esperança em saber que posso vencer ela se eu fazer essa estratégia, então corri mais um pouco e me escondi atrás de um carro.
Quando ela me viu, ela atirou, só que acertou o carro em vez de me acerta.
- Boa garota – Eu disse alegremente, e vi que ela tava nervosa, ai senhor, me ajude, e agora.
Corri até ela, e comecei a atirar muitas vezes seguidas, mas ela foi mais esperta, sabe o que ela fez? Pegou um balde de tinta rosa que estava do lado da mesa, e tacou tudo em mim, fiquei que nem uma lumbriga colorida falante que não posso dizer quem é se não as pessoas que gostam vão arrancar meus membros particulares, senhor eu tenho medo de povo assim, elas são capazes de tudo, cuidado em, acho que vou começar a tomar suplementos e bombas pra ver se eu fico forte, porque não gosto de ir pra academia, é chato.
- A SUA PESTE, ISSO NÃO VALE CADELA. – Eu disse com raiva dela
- Qual é tio, isso é vale tudo, pode tudo baby – Ela disse rindo da minha cara e depois deu uma piscadela. Gente o que aconteceu ? é impressão minha ou ela, é ... deixa pra lá.
- Isso vai ter revanche cavala – Eu falei e sai chingando ela de tudo que eu podia sem meter palavrões e ouvi ela rir de mim .

- Que isso titio lindo ? Porque você tá chingando todo mundo? – Carol me perguntou enquanto me abraçava .
- Sua prima, a Letícia fica trapaceando no paintball, e ganhou de mim, de novo, mais vai ter revanche. – Eu disse com raiva, e pude ver todos na sala rindo da minha cara. Mais que diacho, será que a gente não pode perder e ficar com raiva sem que as outras pessoas começam a rir ? Pelo amor de Deus, que graça tem rir da desgraças dos outros ? A vá.
- Calma Tio, um dia quem sabe você não vence ela ? – A vá, até ela me zuando ? Sai zangado da sala e fui pro meu quarto, só o twitter pra me deixar feliz.
Entrei no twitter e disse “Olá? =]” e já vieram umas 9751752874426645545 mil replys. Respondi algumas pessoas, mas como eu disse que tinha perdido de novo, o povo começou a rir de mim, que diabos senhor.  
- Tiiiiiiiiiiiiiiiiio, e a nossa história em ? Você disse que sempre ia contar pra nós – Glenda me perguntou entrando no quarto com a Leticia cadela e a Carol
- Hoje não vai ter, culpa da Leticia, ela me estressou u__u – eu disse todo zangado e fazendo biquinho
- AAAAAAAAAAA NEM TIO, POR FAVOR – elas me imploraram, mais eu não ia contar, vou deixar pro próximo capitulo, eu não, as autoras, porque elas estão sem idéias, daí só o próximo capitulo que vai ter.
- Já disse que não, quando eu ganhar uma partida eu conto ok ? – Eu perguntei segurando um sorriso
- Então tá né. – Carol disse tristonha – Viu Leticia, por culpa sua o tio não quis contar história.
- Culpa minha? Ele que não sabe perder. – Ela disse com raiva
- Ei meninas, saiam já do meu quarto, AGORA – eu disse empurrando elas para fora. Não estou com paciência pra contar história pra elas.
Bom pestinhas, aqui estou eu, zangado porque perdi de novo no paintball e ainda fui zoado, então não vou contar historinhas, no próximo capitulo eu conto ok ?
Beijos, e boa noite.

sábado, 18 de dezembro de 2010

Capitulo 1 - O Re Leão

- TIIIIIIIIIIIIIIIO FÊ - Leticia me chamou com a sua vozinha linda de tinkerbell. Como não contei antes, tenho 3 sobrinhas, as minhoquinhas mais lindas que já existiram na face de marte. Letícia (a desastrada)  e Glenda ( a nerd da família) são filhas de Fiuk e Na e Carol (a revolts fashion) filha de Renan e Deia.
- Diga minhoquinha 1 , o que quer? Álias, o que as três xodozinhos do tio bonitão fazem acordadaas a essa hora? - Perguntei.
- Não conseguimos dormir tio - Leticia respondeu. - Que tal contar uma história pra gente? - Ela me perguntou, e as três sentaram ao meu redor antes mesmo de eu responder.
- Claro minhoquinhas, qual história vocês querem? Que tal sobre aliens ? - Não custa nada eu contar uma história divertida pros meus mores, álias, sou um vampiro, não durmo, então como a Nikki disse que não posso jogar Gran Turismo porque coloco no último volume, desde então não tem nada pra fazer.
- Aliens tio ? -  Carol me perguntou com aquela cara de WTF ?
- Sim, aliens, é tão divertido – Eu disse todo empolgado, sempre fui fissurado com Alienigenas entre outras coisas, e juro que quero um Orc, um Troll e um Elfo, só que Demi minha esposa sempre fala que essas coisas não existem que é coisa da minha cabeça, mais eu não vou desistir, um dia eu vou ter e todos vão ficar com inveja, MUAHAHAHA, ok, essa risada maléfica foi exagero. – Glenda, porque você não disse nada ainda?
- Nada tio, tava só lendo essa história do rei leão aqui, mais está tão chata – Ela disse com uma vozinha tão desanimada.
- Então, resolvido, vou contar pra vocês três a verdadeira história do Rei Leão, querem?
- SIIIIIIIIIIIIIIM – as três minhoquinhas lindas disseram
- Então tá, vou contar a história do Re Leão ..- antes que eu pudesse terminar a minhoquinha 3 interrompeu
- mas não seria O REI Leão? – Glenda, a nerd da família.
- é, mas essa é a versão da Disney, e o Re Leão é a versão do tio Fê aqui , dã. Agora vão ficar em silêncio e me deixar contar a história do RE LEÃO ?
- SIIIIIIIIIIIM – gritaram – agora cala a boca Nerd – Carol falou, a revolts e fashion da família .
- ei, minhoquinha 1 , vê como fala com a nerd. – tinha que ensinar bons modos a elas. Sou o único responsável da família sabe?
- a tia Na falou , quando estávamos comprando roupas na D&G , Carolina Herrera, Chanel, Gucci, Prada, Givenchy e etc... , que não devemos interromper as pessoas, e ela interrompeu u.u
- tá, agora psiuu, caladas. Vou começar a história.
Elas olharam pra mim atentas enquanto eu desligava a luz e acendia uma vela pra ficar um clima de suspense
-  Era uma vez, num reino beeeeeeeem, beeeeeeeeeeeem, maaaaaaaas beeeeeeeeeeeeem distante , nascia o Re , um leão que ainda iria arrumar muita encrenca.Ele era filho do Fábio Garanhão Jr. Ele recebe a benção do Bispo Xande  , maas esse besta do Re não percebe que seu tio , Fiuk , é um tio muito malvado.. – ia continuar mas uma minhoca chata me interrompeu
- mas porque o meu pai lipinho tem que ser o tio malvado? – Letícia perguntou
- porque eu quero e a história é minha
- mas o meu pai é muito novo pra ser tio – a nerd Glenda falou
- tá, tá bom, então o tio malvado vai ser o tio Flávio, tá?
- tá bom
-  Então, o besta do Re não percebe que o tio Flávio é muito dumal , e tá afim de matar o Re pra poder assumir seu lugar no trono, tipo, ele vi matar o Re e quando ele tiver morto ele vai ficar no lugar dele e tals.
- tá, já entendemos tio – a nerd ataca novamente
Suspirei.
- parem de me interromper – continuei – aí o pai do Re , o Fábio Garanhão Jr. Morre, e aí todo mundo fala que foi o Re que matou ele , e ele sai das terras do reino beeeeeeeeeeem, beeeeeeeeeeeeeeeeem, beeeeeeeem mais beeeeem distante daqui. Aaíí, quando ele tá andando por aí, ele encontra mais 2 excluídos e injustiçados, eles se chamam : Max e Fiuk . Esses dois doidos lhe ensinam a filosofia de “ET Du matatá” e ...- me interromperam de novo.
- Et Du matatá? Oque é isso? Que eu saiba, é Hakuna Matata u.u – a nerd acata novamente, novamente
- é, mas em O Rei Leão, em O Re Leão, é Et Du Matata u.u
- ainda acho estranho u.u
- tá tá tá bom, mas vai ficar assim.E entãão – interrupção denovo
-  mas oque quer dizer “Et Du matata “? e que língua é essa?- a nerd pergunta.
- não faço a menor idéia, pergunta pro cara que inventou essa palavra.
- quem inventou foi você tio. – a revolts Carol falou.
- ainda assim eu não sei, continuaaaando . Então, o Re , passou anos com Max e Fiuk até virar um leão adulto, e aí eles encontraram uma antiga ‘amiga’ do Re, a Paris Hilton e – outra interrupção
- mas oque a PARIS HILTON tá fazendo na história? – a minhoquinha Letícia falou
- não sei, veio o nome na minha cabeça, e ela é uma gata, e eu já conversei com ela sabiam? Ela é uma grande amiga, ainda me deu um presente..
- oque? – a minhoquinha 1 chamada Letícia perguntou.
- um guardanapo e uma lasca de areia que tava no sapato dela – eu me lembro de quando eu agarrei o pé dela e os seguranças me deram um belo chute na barriga, mas valeu a pena. Guardei a lasca de areia num saquinho até hoje...
- isso não é presente u.u
- mas pelo menos EU ganhei e VOCÊS não MUAHAHAHAHAHAHA *risada maléfica do tio Fê*
- grandes coisa ¬¬ - a revolts Fashion Carol falou
- Posso continuar a história do RE LEÃO?
- poodiii
- Então, eles encontram um antiga amiga do Re, a Paris Hilton, que no momento estava tentando comer o Fiuk, não é legal, mas ainda assim seria muito engraçado ver a Paris Hilton comer o Fiuk ...continuando, e Paris Hilton e Re se apaixonam. Paris diz pra Re voltar pro reino beeeeeeeeeem beeeeeeeeeeeem mas beeeeeeeeeem distante daqui porque o tio malvado do Flávio está matando e fazendo todos de escravos..Mas ele nem se importa muito..E então o Bispo Xande, aparece do nada e diz que o Fábio Garanhão Jr. Que tinha morrido, ainda existe...e aí o tio aparece pra ele, só que ele é um bode, e aí o tio Fabio Garanhão Jr. Diz que ele tem que voltar pro reino beeeeeeeem beeeeeeeeeeem beeeeeeeeeeem mais beeeeeeeem distante daqui.E aí ele volta pro reino beeeeeeeeeem beeeeeeeeeem mais beeeeeem distante da aqui. E aí ele começar a brigar com o tio malvado Flávio , e o tio malvado Flávio levou tanta porrada, mas tanta porrada que pediu misericórdia pro Re , e o Flávio Põe toda a culpa nos bodes , e os bodes não gostam e mordem ele até ele morrer. E ,obviamente, o O Re Leão fica sendo o Rei e a Paris Hilton a rainha, obvio. Eles se casam e vivem felizes para sempre..
Olho pras 3 minhoquinhas e elas já estão dormindo no meu colo, sendo que a Letícia babou todo meu braço, as coloco na cama e as cubro com o MEU edredom do homem aranha, não sou um cara de dividir coisas, mas elas eram as minhas minhoquinhas. Minha esposinha Demi finalmente chegou com os pais dessas pestinhas e nós, bom, não vou contar heheh
Boa noite pestinhas e pestinhos que estão lendo.

Beijos do tio , bonitão, Fê, o ET.